domingo, 20 de dezembro de 2009

Running of the Brides

Estive na Alemanha 3 dias e apenas tenho a dizer que quero voltar! Mas o mais giro é estar fora de Portugal e assim que volto a primeira frase que ouvi foi: "Já sei que gostaste porque adoras passear. E irmos ao ROTB aos saldos?".
À parte da insensibilidade da criatura que teve esta intervenção, falar neste evento fez-me lembrar que existem pessoas com uma insanidade considerável quando o tema é o casamento!

Para quem nunca ouviu falar, o Running of the Brides (ROTB) é um evento que ocorre anualmente em Boston (EUA), levando grande parte das noivas a “correrem” pelo vestido dos seus sonhos, naquele que é o maior evento publicitário da Fillene’s Basement, em que os descontos atingem valores na ordem dos 90%.
Ao invés da noiva procurar calmamente o vestido que melhor se adequa à sua pessoa, sujeita-se a passar a noite à porta de uma loja para ser das primeira a entrar e agarrar o maior número possível de vestidos. Mulheres completamente febris lutam por vestidos e provam-nos no meio dos corredores, pois os provadores não são suficientes, e é necessária vigilância apertada sobre os vestidos de forma a evitar que outra noiva os roube.
É hilariante!

Se juntarmos isto ás restantes tarefas pré-casamento, concordarão comigo: o casamento já é um inferno ainda antes de se meter o anel no dedo e de assinar o papelinho. De facto, já comentaram comigo que o casamento em si não dá nem metade do trabalho que dá a festa de celebração do enlace.
Facto é que só vai ao ROTB quem quer (e é suficientemente doido) e também só casa quem quer (...)!

4 comentários:

  1. Não sei se saldos não serão piores!
    Ainda mais mulherio...

    ResponderEliminar
  2. Achas mesmo?
    Se achas é porque não tens noção do quão selvagem este evento se torna.

    Vê: http://www.youtube.com/watch?v=6k29nrvdcVg

    ResponderEliminar
  3. Ok. Parece um manicómio onde vão todas casar.

    ResponderEliminar